desfralde noturno

Por que optei pelo desfralde noturno depois do diurno (+ surpresa no post)

Melissa largou rapidamente o uso da fralda diurna, fato que já contei em detalhes neste post sobre o desfralde dela aliado a dicas e sinais que as crianças demandam quando estão aptas a abandonarem as fraldas.

Por que optei pelo desfralde noturno depois do diurno?

O desfralde da Melissa só ocorreu por completo, muitos meses depois de tirar a fralda do dia, porque confesso: eu tinha uma preguiça gigante de seguir a rotina do desfralde noturno.

Sim, eu era uma mãe que não estava nada afim de acordar de madrugada e levar a Melissa ao banheiro, de mergulhar de cabeça na mudança paciente de tirar a fralda da noite.

E eu tinha sempre uma desculpa: tá frio demais, não quero passar a noite trocando roupa de cama com os escapes, e o dia que ela dormir na minha cama vou acordar toda molhada, enfim…

Sentia que apesar do sucesso do desfralde do dia, o da noite me parecia bastante distante também pelo fato de Melissa estar acomodada e sequer preocupada, já que a fralda era sua zona de conforto.

Fui empurrando a situação até o limite, que no nosso caso foi a proximidade do aniversário dela de 4 anos.

Não dava mais para ignorar a situação e era a hora de investir no desfralde noturno de uma vez por todas.

Então, o que funcionou aqui em casa no desfralde noturno?

Fase da Observação

Quando decidi dar o start para o adeus da fralda noturna, fui reparando a cada noite de fralda, a capacidade da Melissa em segurar a urina.

Então tire uns dias para observar se a fralda amanhece seca ou cada vez mais seca possível.

É um sinal fisiológico de que a criança tem maturidade suficiente para ficar sem a fralda por um longo período.

Fase da Implementação

A primeira parte e crucial para que o desfralde caminhe bem é o diálogo.

Converse com seu filho.

A criança tem que participar ativamente do processo, ela é que dá o indício de que está pronta. Não basta a família aprovar a ideia de começar, seja em que etapa do desfralde seja (só diurno, só noturno, os dois ao mesmo tempo), é a criança que manda.

Então, depois de notar que a fralda “acordava” seca, conversei bastante com a Melissa para ela entender de que estava cada dia mais mocinha, que era o momento de dormir com suas calcinhas bonitas e fui a convencendo a querer deixar as fraldas para trás.

E fiz uso de um incentivo para ela largar as fraldas, assim como fiz no desfralde diurno, fiz uso de um quadro de incentivos para que Melissa se sentisse motivada.

(e sabe a surpresa que prometi lá no título deste post? fica ligadinha até o final, que tem a ver com o quadro de incentivos usado aqui em casa)

Oba, o desfralde vai começar, então prepare-se para algumas dicas básicas que fazem toda diferença

  • Diminua consideravelmente a quantidade de líquidos ingerida à noite, especialmente nas horas mais próximas da criança se deitar.
  • Insista e pergunte várias vezes se ela tem vontade de ir ao banheiro antes de dormir.
  • Leve a criança ao banheiro antes dela deitar.
  • Programe um horário na madrugada para levar a criança ao banheiro (lembra que esta regrinha em específico era a minha tortura?). No começo do desfralde, até a criança se adaptar ao fato de não estar mais com a fralda, é preciso fazer esta intervenção da madrugada, mesmo que não saia nada de xixi.

TRUQUE CURINGA

  • Os escapes de xixi são comuns #fato. Mas para evitar aquela verdadeira bagunça na madrugada, eu usava uns tapetes higiênicos de cachorros (hoje em dia já tem uma marca que faz o tal do tapete para o desfralde mesmo, mas na época tive que me virar com este), entre o lençol e o colchão. Fez toda diferença nas noite que o xixi vinha (claro que continua molhando, mas minimiza os danos e preserva o colchão).

Mais dicas para o adeus às fraldas noturnas definitivamente

  • Elogie seu filho toda vez que ele acordar sequinho. O reforço positivo gera confiança para a criança. Vibre e comemore cada manhã em que seu pequeno conseguir ficar sem a fralda e sem acontecer acidentes com o xixi.
  • Respeite o tempo do seu filho. Não compare as histórias de desfralde noturno que você já escutou por aí, esperando que na sua casa a coisa caminhe da mesma forma. Pelo contrário, veja o que funciona com o ritmo da sua rotina, da rotina da criança e não ligue para os comentários alheios. Veja o meu caso, Melissa tinha quase 4 anos quando deu adeus as fraldas noturnas, eu escutei muito mimimi de que ela estava ficando muio “velha” para estar usando fraldas ainda e muitas outras coisas. Só a gente sabe o que acontece na nossa dinâmica familiar. Então tape os ouvidos e os olhos já!
  • PACIÊNCIA

Paciência é fundamental.

A opção de adiar o desfralde estava na minha falta de confiança e paciência em enfrentar cada etapa, então quando aprendi que cada noite é um passo rumo ao sucesso, tudo ficou mais fácil.

Não devemos cobrar, brigar ou exigir da criança. Temos que devolver amor e carinho nesta fase, pois é uma mudança circunstancial para eles e todo incentivo é bem vindo para fazer do desfralde algo possível e real.

Então nada de apressar, esbravejar com os escapes, se descabelar. Acidentes acontecem e fazem parte do processo.

O importante é continuar e persistir, respeitando a criança

Ah, e eu te fiz uma promessa não é mesmo?

No meu primeiro post de desfralde, eu disponibilizei para as minhas seguidoras, dois quadros de incentivo para ajudar neste momento de mudanças.

Dessa vez dei uma atualizada nos temas dos quadros e estou deixando aqui dois modelos (um para os meninos e outro para as meninas), para impressão no conforto da sua casa e para que use como ferramenta de auxílio na hora do desfralde.

Os quadro foram feitos em formato A4 para imprimir em impressora comum.

São quadros para uso semanal e se você quiser, segue a dica: imprima um e tire cópias deste impresso, assim você usa nas demais semanas.

Use e abuse dele para o sucesso do desfralde na tua casa.

Download Quadro de Incentivo para Desfralde *

E se você usar os quadros de incentivo, que tal me marcar para que eu acompanhe como está sendo por aí. Divida comigo suas impressões, deixando mensagem nos comentários abaixo, me marcando nas redes sociais ou mesmo usando a hashtag #desfraldecompitadinhas

*(o arquivo contém as duas versões)

Compartilhe este texto com mais pessoas

Comentários via Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *