Massa base para panetone ou chocotone

Massa base para panetone ou chocotone. Faça em casa!

Aproveitando o clima natalino que já invade os nossos lares, trago uma receita que eu já testei outrora em casa, mas que pela minha eterna falta de tempo, não tinha conseguido transcrevê-la aqui para o blog.

Há cerca de 2 meses atrás fiz em casa, uma massa base tanto para ser incrementada como panetone (com as tradicionais frutas e castanhas), como para o chocotone (com pedaço de chocolate).

A massa é bastante versátil e pode ser recheada do modo que você quiser.

A receita que trago abaixo é a base e aqui em casa, eu fiz em ambas as versões. Escolha os ingredientes que mais lhe agradar e coloque as crianças para ajudar.

Quero salientar que a receita é uma adaptação do Pitadinhas para uma receita encontrada na internet.

Massa base para panetone ou chocotone

Ingredientes para a massa

  • 240 ml de água
  • 1 ovo
  • 3 colheres de sopa de margarina
  • 1 colher e 1/2 de chá de sal marinho
  • 6 colheres de sopa de açúcar demerara
  • 1 colher e 1/2 de chá de essência de panetone (caso não encontre pode ser essência de laranja, de nozes ou até a tradicional de baunilha)
  • 4 colheres de chá de leite em pó
  • 3 xícara de chá de farinha de trigo branca
  • 2 colheres de chá de fermento biológico seco (não usei o fresco, optei pelo seco porque não precisa ser ativado para inicializar o processo de fermentação)

Ingredientes para a opção Panetone

(baseado com as versões que fiz em casa)

  • 150 gramas de damasco seco picado em pedaços pequenos
  • 150 gramas de nozes trituradas grosseiramente

Ingredientes para a opção Chocotone

(baseado com as versões que fiz em casa)

  • 150 gramas de gotas de chocolate ao leite

Modo de Preparo da Massa

Misturar a água com o ovo em uma tigela grande.

Depois ir adicionando na ordem da lista de ingredientes os demais: margarina, sal, açúcar, essência, leite em pó, farinha e por último o fermento.

Misturar tudo até começar a formar uma massa homogênea.

Assim, sove a massa (amasse-a) por 15 a 20 minutos, para que ganhe elasticidade.

O processo de sovar é crucial para que a massa fique lisa e aerada. A sova permite que a massa resulte em um panetone que será macio e que crescerá mais fácil.

Se você fica em dúvida em como sovar a massa da maneira correta, eu achei um post muito pertinente que ensina na prática, métodos bacanas para que a sova seja feita certinha. Depois que passei a dedicar uma atenção especial a este processo, a qualidade das minhas massas de fermentação biológica, melhoraram muito.

Primeira Fermentação

Após a sova, deixe o pão fermentar em uma tigela, coberta com filme plástico e um pano grosso (tipo toalha de mesa ou pano de prato).

A massa leva cera de 40 a minutos a 1 hora para dobrar de volume.

Eu faço o teste do copo com água: pego uma bolinha de massa e coloco em um copo com água fria. Assim que a bolinha subir, significa que a primeira fermentação está completa.

Truque ensinado pela minha mãe, que é tiro e queda.

Segunda Fermentação

Retire a massa da tigela. Para esta parte do processo, já moldamos os panetones/chocotones nas formas que vão assar os mesmos.

Eu utilizei mini formas de papel específicas para panetone, compradas em loja de artigos de festa. Dividi a massa conforme a capacidade de cada forma.

Metade delas receberam o recheio de damasco + nozes e as demais as gotas de chocolate.

Misture os ingredientes do recheio na massa por completo.

Preencha cada forma deixando um espaço de 3 dedos do topo, pois a massa vai crescer novamente.

Cubra os panetones com o pano grosso que os revestiu anteriormente e deixe crescer até que dobrem de volume.

Em dias mais quentes, este processo é mais rápido.

O rendimento aqui foi de 7 unidades.

Massa base para panetone ou chocotone

Hora de assar

Assim que os panetones/chocotones estiverem crescidos, pré aqueça o forno a 180 graus e asse-os por aproximadamente 40 a 45 minutos (varia de forno para forno).

Para não ter erro, assim que o topo estiver dourado, pode desligar.

Massa base para panetone ou chocotone

Com certeza o Natal será ainda mais delicioso com as fornadas caseiras destas iguarias.

E se você reproduzir a receita, não esquece de marcar o Pitadinhas usando a hashtag #pitadinhasnacozinha, ou usando o espaço dos comentários abaixo para deixar sugestões e dúvida, ou ainda marcando os perfis do blog nas redes sociais.

 

 

 

 

 

Compartilhe este texto com mais pessoas

Comentários via Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *